Dia do Professor

Sobre um fundo verde está escrito, em letras brancas, "15 de outubro", um pouco abaixo está o desenho de um capelo. Abaixo disso está escrito "Feliz dia do" e mais um pouco abaixo "Professor!" em letras maiores. Na parte inferior direita está escrito, também em branco, "@l2inclusao". Esse texto está emoldurado por linhas brancas grossas.

Desde pequena aprendi a respeitar e admirar a profissão professor. Sou filha de um professor, sobrinha de outros três professores e em casa sempre tivemos uma educação que nos ensinou a valorizar esse profissional. Aprendi tanto a admirar essa profissão que sonhava em ser professora desde pequena. Colocava um quadro apoiado em uma cadeira e dava “aulas” para o meu irmão, ensinava tabuada para um menino de quatro anos, mas hoje tenho a sensibilidade de perceber que quem aprendeu mesmo a tabuada fui eu, aquela foi apenas uma maneira que encontrei para estudar e memorizar aqueles números que me causavam tanto pavor.

O papel do educador é de fundamental importância para o desenvolvimento de nossas crianças. A importância desse profissional é inversamente proporcional a valorização dada a ele em nosso país, infelizmente.

É ela que forma todos as outras profissões

Em relação a inclusão tenho visto que uma das coisas que realmente fazem diferença é a maneira de agir do professor. Uma das questões mais importantes para que a criança aprenda é o professor acreditar que isso pode acontecer. Certa vez ouvi uma frase que me marcou muito, infelizmente não sei que é o autor para referenciá-la aqui, mas a frase diz que se a criança não está aprendendo é preciso mudar o jeito de ensinar, pois certamente está ensinando errado. Todas as pessoas têm condição de aprender e com as pessoas com deficiência isso não é diferente. Claro que nem todos irão aprender as mesmas coisas que os outros, mas isso é tão natural não é mesmo? Alguns têm facilidade com as exatas, outros na escrita, outros nas artes e que bom que somos assim. Já imaginou se todos fossem bons na mesma coisa?

É preciso respeitar o tempo de cada um, respeitar as diferentes maneiras de aprender e estar atento ao processo de aprendizagem de cada um dos nossos estudantes. É a questão do vínculo, do acreditar no potencial da criança, é buscar recursos diferentes. Sabemos o quanto está difícil desempenhar esse papel em nosso pais nos dias de hoje. Uma profissão desvalorizada não apenas socialmente, mas financeiramente também. Salários tão baixos e exigências tão altas. Exige-se que o professor saiba como proceder, mas não lhe é oferecida a formação. Exige-se que ele busque por conta própria, mas com salários tão baixos que muitas vezes obrigam os professores a trabalhar em três turnos diferentes. Como é que vão arrumar tempo para buscar por conta própria? Exige-se respeito aos alunos, mas diariamente vemos notícias de professores que apanham, que são desrespeitados.

Mas quero dizer a você hoje, querido educador, não desista! Foque nos resultados positivos consequências de suas atitudes. Foque na criança que aprendeu por consequência de um esforço seu.

Hoje estamos aqui para parabenizar a você professor! Parabéns por não desistir, parabéns por fazer a inclusão acontecer, parabéns por buscar novos métodos de ensino para alcançar a diversidade em sua sala de aula. Por explorar lugares diferentes além das quatro paredes de uma sala. Parabéns por acreditar no potencial de seu estudante. Parabéns por ser sensível aos problemas de suas crianças e adolescentes, Parabéns por preparar sua aula com tanto amor mesmo sabendo que alguns não irão prestar atenção. O mundo precisa de educadores! O mundo precisa de você, o seu estudante precisa de você!

Hoje o parabéns vai especialmente a cada um de vocês que dedica o seu tempo a ensinar. Sabemos que as lutas são diárias, os desafios são contínuos, mas não desista! Ser educador é uma profissão linda, que exige muito de nós enquanto pessoas e também como profissionais, mas que é tão linda e gratificante também.  Parabéns pelo seu dia! Conte com a gente em sua caminhada na inclusão! Estamos juntos nessa luta!

About Lídia Lopes

Inconformada com o preconceito e com uma educação não inclusiva tenta todos os dias fazer algo para que isso seja diferente. Mais que um valor moral, tornou isso sua profissão. Apaixonada por educação e inclusão. Sonha em viajar o mundo e num mundo que não seja mais preciso falar em inclusão, pois a inclusão pressupõe a exclusão.

Responder